Diagnóstico e tratamento de Hepatite B serão ampliados no SUS

Diagnóstico e tratamento de Hepatite B serão ampliados no SUS garante o Ministério da Saúde. Atualmente, 41 mil pessoas têm acesso aos medicamentos que tratam a doença e a expectativa da pasta é que esse número chegue a 100 mil.

A hepatite é uma inflamação do fígado que pode ser causada por vírus ou pelo uso de alguns medicamentos, álcool e outras drogas. Como é uma doença silenciosa, nem sempre apresenta sintomas e muitas vezes evolui para casos mais graves.

A meta do ministério é a mesma estabelecida pela Organização Mundial da Saúde, de diagnosticar 90% das pessoas, tratar 80% das que forem diagnosticadas e reduzir em 90% novas infecções e em 65% a mortalidade.

No caso das Hepatites B e C, vale lembrar que julho é o mês de conscientização sobre as hepatites virais com a campanha nacional “Julho Amarelo” //

Reforçando que o SUS oferece tratamento para todos os tipos de hepatite e recomenda que todas as pessoas com mais de 45 anos de idade façam o teste, gratuitamente, em qualquer posto de saúde

 

OUÇA AGORA
Clique no play e curta a Nova Onda