A alta dos preços dos combustíveis é um dos fatores que mais pressiona a inflação nos últimos meses

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
 
 
O conflito entre Rússia e Ucrânia tende a agravar a situação.
 
A cotação internacional do barril de petróleo tem batido recordes diários e, com o petróleo mais caro, o preço nas bombas sobe também.
 
A cotação do dólar é outro fator que interfere diretamente no valor que o motorista paga para encher o tanque do veículo, já que os preços dos combustíveis são atrelados à moeda estrangeira.
 
O senado analisa dois projetos que visam frear a alta no mercado interno.
 
Um deles determina alíquota unificada e em valor fixo para o ICMS sobre combustíveis em todo o país.
 
O outro cria uma conta para financiar a estabilização dos preços.
OUÇA AGORA
Clique no play e curta a Nova Onda
Open chat