A guerra na Ucrânia completou, esta semana, um mês

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Muitos apostavam que o conflito seria rápido e que a Rússia alcançaria com certa facilidade seus objetivos, por ser militarmente superior.
 
Mas a Ucrânia tem resistido.
 
E a Rússia insiste nas ofensivas, inclusive contra alvos civis.
 
A organização do tratado do atlântico norte, a OTAN, anunciou o envio de mais armas de defesa, drones e equipamentos de assistência marítima e aérea para a Ucrânia.
 
Além disso, decidiu enviar forças militares a países vizinhos, como Bulgária, Romênia e Eslováquia.
 
Isso tende a deixar a situação mais tensa, especialmente nas regiões de fronteira.
OUÇA AGORA
Clique no play e curta a Nova Onda
Open chat