Junho Vermelho

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Governo de SP precisa urgentemente de doadores de sangue, a situação é crítica nos bancos de sangue, e os tipos O+, O-, A-, B- e B+ são os de maior necessidade.

 

Requisitos básicos para a doação de sangue
– Estar em boas condições de saúde;
– Ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (para menores de
18 anos, verificar no site os documentos necessários e formulários de autorização).
– Pesar no mínimo 50kg.
– Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas) e alimentado (evitar
alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem à doação).
– Apresentar documento original com foto recente (que permita a identificação do candidato), emitido
por órgão oficial (Carteira de Identidade, Cartão de Identidade de Profissional Liberal, Carteira de
Trabalho e Previdência Social ou Carteira de Habilitação).

 

Impedimentos temporários
– Resfriado: aguardar 7 dias após desaparecimento dos sintomas.
– Gravidez.
– Intervalo de 90 dias após parto normal e 180 dias após cesariana.
– Amamentação (se o parto ocorreu há menos de 12 meses).
– Ingestão de bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem à doação.
– Tatuagem, maquiagem definitiva e micropigmentação: aguardar 12 meses; se feitas em local
adequado (seguro) e com todos os cuidados necessários (assepsia correta e material descartável), o
prazo é de 6 meses.
– Situações nas quais há maior risco de adquirir doenças sexualmente transmissíveis: aguardar 12
meses.
– Febre amarela recente, vacina para febre amarela e viagens para países com risco de doenças
transmissíveis.
Acre, Amapá, Amazonas, Rondônia, Roraima, Maranhão, Mato Grosso, Pará e
Tocantins são estados onde a incidência de transmissão de malária é maior. Quem
esteve nesses estados deve aguardar 12 meses.

Impedimentos definitivos
– Hepatite após os 11 anos de idade.
– Evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças transmissíveis pelo sangue: hepatites B e C,
Aids (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e doença de Chagas.
– Uso de drogas ilícitas injetáveis.
– Malária.

Respeitar os intervalos para doação:
• Homens – 60 dias (máximo 4 doações nos últimos 12 meses).
• Mulheres – 90 dias (máximo 3 doações nos últimos 12 meses).

 

AGENDE SUA DOAÇÃO AQUI!

OUÇA AGORA
Clique no play e curta a Nova Onda
Open chat