A cesta básica encareceu quase 50% no Brasil nos últimos três anos

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Considerando os preços de São Paulo, a capital com a cesta básica mais cara do país, o custo do grupo de alimentos essenciais na mesa do brasileiro saltou de mais de R$ 480 reais, em fevereiro de 2019, para mais de R$ 715, no segundo mês de 2022.
 
Uma alta de 48%, que é o dobro da inflação oficial acumulada no período, que foi de pouco mais de 20%.
 
Na prática, significa que o consumidor perdeu poder de compra e, com o dinheiro que ganha, não está mais conseguindo levar para casa a mesma quantidade de produtos que levava em 2019.
 
Entre os produtos da cesta básica que mais subiram nos últimos três anos estão o óleo de soja, que encareceu 153%, o café em pó, com alta de 88% e a carne bovina, que ficou 75% mais cara no período.
 
Manteiga, açúcar, banana, pãozinho, tomate, farinha, arroz e leite também são itens que subiram bem mais que a inflação entre 2019 e 2022.
OUÇA AGORA
Clique no play e curta a Nova Onda
Open chat