COVID-19 se mantém como uma emergência de saúde global

Três anos após o primeiro alerta, a Organização Mundial da Saúde, a OMS, informou nesta segunda-feira, dia 30, que manterá a COVID-19 como uma emergência de saúde global, o nível máximo possível.

A decisão foi tomada após uma reunião do comitê de emergência dos regulamentos internacionais de saúde. Esse foi o 14º encontro do órgão que se reúne a cada três meses para avaliar a pandemia.

No fim de janeiro de 2020, a OMS declarou uma emergência de saúde global devido à COVID-19, que permanece até hoje.

De acordo com o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom, a taxa de mortalidade semanal caiu para menos de 10 mil em outubro, mas voltou a subir desde o início de dezembro, quando a China decidiu terminar com a política de “Covid zero”.

Em meados de janeiro, quase 40 mil mortes semanais foram relatadas – mais da metade delas na China – mas o verdadeiro número “é certamente muito maior”.

Confira mais informações nos boletins da programação da 99.3! 

OUÇA AGORA
Clique no play e curta a Nova Onda