Elza Soares revisita dores da maternidade em nova interpretação de “Meu Guri”

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Vinte e cinco anos após ter gravado a faixa “Meu Guri” no disco “Trajetória” (1997), que marcou seu retorno ao estúdio após um longo hiato, Elza Soares emprestou sua voz para um registro final. Como se revivendo as dores do luto materno (a artista perdeu três filhos, dois deles recém-nascidos, vítimas de desnutrição), ela escolheu a faixa para integrar o registro “Elza Ao Vivo no Municipal”.

O projeto foi gravado em São Paulo, nos dias 17 e 18 de janeiro, dias antes de sua morte por causas naturais. Em versão piano, interpretada na companhia de Fábio Leandro, o material antecede o disco que chega em 13 de maio com repertório que revisita a própria carreira de mais de 7 décadas.

Ouça já no player abaixo!


Um disco inédito, desta vez póstumo, também está previsto para este ano. Até o momento, sabe-se que o material gravado pela artista se chamará “Nos Tempos da Intolerância”.
 
Fonte: Papel Pop
OUÇA AGORA
Clique no play e curta a Nova Onda
Open chat