Jovens são menos resistentes ao trabalho presencial

Os jovens e as pessoas com mais idade são menos resistentes ao trabalho presencial. É o que mostra um estudo. No geral, 46% dos entrevistados preferem trabalhar diretamente do escritório. Já para 27% dos brasileiros, o ideal é o trabalho híbrido, ou seja, parte presencial e parte home office e, empatado, outros 27% preferem desenvolver as atividades totalmente de casa.

Entre os mais jovens e os mais velhos o trabalho presencial é melhor. O levantamento aponta que metade dos trabalhadores em escritório com idade entre 35 e 44 anos iriam atrás de outro emprego se fossem obrigados a frequentar o local de trabalho todos os dias.

Mas entre estagiários na faixa dos 18 aos 24 anos esse índice é de 39%. E, entre profissionais com mais de 55 anos, de 37%. Já para os funcionários entre 25 e 34 anos, 44% procurariam outro emprego se não tivessem flexibilidade.

OUÇA AGORA
Clique no play e curta a Nova Onda