Mercado de trabalho perdeu mais de 1 milhão de jovens

O mercado de trabalho perdeu um milhão de jovens no período de um ano. Em 2021, 18 milhões e 600 mil pessoas, com idades entre 14 e 24 anos, tinham emprego.

Um estudo da Fundação Getúlio Vargas, a FGV, mostra que o número caiu para 17 milhões e 600 mil em 2022. A boa notícia é que entre os jovens que deixaram de trabalhar, 55% retomaram os estudos.

De acordo com a pesquisa, os baixos salários e o aumento dos programas de transferência de renda podem estar entre os motivos para a troca do emprego pela escola.

Dados do IBGE indicam aumento de 6,9% na renda, por membro de cada grupo familiar em 2022, impulsionado principalmente pelo auxílio brasil.

OUÇA AGORA
Clique no play e curta a Nova Onda