Patrulhamento de rotina e concurso para 40 novas contratações em Mogi Guaçu

A Guarda Civil Municipal de Mogi Guaçu ampliou desde o último dia 7 de abril, o patrulhamento realizado rotineiramente, todos os dias, em áreas próximas a escolas e unidades de saúde da cidade. O objetivo da medida é fortalecer a presença das forças de segurança nas ruas e levar mais tranquilidade ao dia a dia das famílias.

Durante todo o dia, viaturas estão estacionadas em pontos estratégicos de diferentes regiões. Além disso, os guardas civis estão orientados e atentos quanto a movimentações atípicas nestas localidades.

O município já realizou levantamento voltado à inclusão de unidades de ensino e também de saúde na estrutura de vigilância em tempo real por câmeras de monitoramento.

O reforço no patrulhamento inclui áreas em que estão instaladas escolas estaduais e particulares, além das municipais. O objetivo é garantir a rotina normal de pais, alunos e profissionais, especialmente em função de mensagens lamentavelmente irresponsáveis que estão circulando nas redes desde a última semana.

Ampliação de efetivo e monitoramento

Está em andamento desde o dia 5 de março de 2023, o concurso público n° 02/2023, da Guarda Civil Municipal (GCM). O processo é aberto a homens e mulheres e prevê a contratação inicial de 40 novos integrantes para a 2ª classe da corporação.

O aumento do efetivo foi autorizado pelo prefeito e será realizado assim que o concurso for homologado. Esta será a maior ampliação de integrantes da GCM da última década.

A central de monitoramento, por sua vez, em fase final de instalação na Praça Antônio Giovani Lanzi, na capela, entra em operação neste mês e contará com sistema inédito de câmeras em diferentes localidades, além de comunicação integrada com o alerta emergencial que está sendo implementado nas escolas ao longo dos próximos dias.

O alerta é um aplicativo que será interligado com o sistema de segurança, como se fosse um botão de segurança, e as escolas, por sua vez, poderão acionar a qualquer momento, com um toque, ao identificarem qualquer ato suspeito.

O monitoramento em vídeo permitirá controle de entradas e saídas da cidade, bem como da movimentação em pontos estratégicos, de grande circulação.

Nesta primeira fase, o município contará com 25 pontos que serão monitorados 24 horas por dia, com um total de 48 câmeras de alta definição. O passo seguinte é avançar com a vigilância para escolas e unidades de pronto-atendimento da cidade.

OUÇA AGORA
Clique no play e curta a Nova Onda