PF intima Bolsonaro a depor no caso sobre interferência na coorporação; AGU recorre ao STF

Escrito por em 17/09/2020

O presidente Jair Bolsonaro já foi intimado pela Polícia Federal para depor pessoalmente no inquérito que apura suposta interferência dele na corporação. Há poucos dias, o ministro Celso de Melo, do Supremo Tribunal Federal, decidiu que Bolsonaro não podia prestar os esclarecimentos por escrito, como queria a sua defesa, por ser investigado no caso, e não testemunha ou vítima.


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]