“Top Gun: Maverick” está em cartaz! Saiba os grandes motivos para assistir ao filme nos cinemas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Depois de 36 anos de “Top Gun”, uma pandemia e alguns adiamentos que nos deixaram bastante ansiosos, “Top Gun: Maverick” finalmente chega aos cinemas. O filme marca o retorno de Tom Cruise no papel do protagonista Pete “Maverick” Mitchell e promete entregar bastante drama, homenagens ao clássico e cenas incríveis que tornam esse lançamento digno de assistir na maior tela possível!



Depois de anos de serviço para a Marina, Pete é convocado novamente à escola Top Gun – que treina os pilotos para serem os melhores do mundo – e tem como missão ensinar um novo time a encarar uma missão importante globalmente e que vai exigir uma habilidade nunca antes vista. Espere por muita emoção! Para te preparar para este lançamento, a gente já assistiu “Top Gun: Maverick” e estamos listando aqui o que consideramos nossos motivos favoritos para ver o filme!

Tom Cruise


“Top Gun: Maverick” é o primeiro filme de Tom Cruise a entrar em cartaz desde “Missão Impossível: Efeito Fallout” de 2018. Quatro anos depois, dois deles quase sem cinema por conta da pandemia, nós somos lembrados: realmente não tem ninguém em Hollywood hoje que faz o que esse ator faz! Na pele de Pete Mitchell novamente, Tom Cruise durante todo o filme parece que gosta de se provar e testar os próprios limites. Nós já contamos aqui que ele realiza as próprias cenas de adrenalina sem dublê e isso torna tudo muito mais especial.
Podemos ver ele realizando manobras insanas ele mesmo dentro das aeronaves, na moto dele e até algumas cenas em campo. Sem contar na carga dramática que ele acrescenta ao personagem, que falaremos mais para frente. Talento puro!

Cenas aéreas incríveis


“Top Gun” de 1986 revolucionou por instalar câmeras nas aeronaves para criar cenas muito realistas no ar. Agora, em “Maverick”, o tom inovador continua agora em 4K, perfeito para ver em IMAX! Se você tem resistência em assistir ao filme por conta do gênero, esqueça tudo isso! “Top Gun: Maverick” é uma experiência nova que vai te surpreender ao assistir. Novamente, as cenas aéreas são captadas para você se sentir dentro da ação e o filme explora ângulos e movimentos que você talvez até fique tonto pelo realismo! Sabe quando você está jogando um jogo de corrida e faz a curva com o corpo junto com o carro porque já se sente imerso? É tipo isso! Hahahaha. É uma experiência que fica incrível vendo no cinema.

Trilha sonora


Se o clássico “Top Gun” lançou “Take My Breath Away” nos anos 80, aqui é a vez de “Hold My Hand” da Lady Gaga. A música toca algumas vezes ao longo do filme e também acontece num momento bem emocionante do filme para te marcar. “I Ain’t Worried”, a inédita do OneRepublic para o longe, também aparece para dar um tom empolgante numa cena descontraída. 
Além disso, temos o retorno do clássico “Danger Zone” do Kenny Loggins que fez sucesso com o primeiro filme e, claro, a grande música tema de “Top Gun” que está presente o tempo inteiro. Em “Top Gun: Maverick”, a trilha sonora acompanha diversas cenas para te envolver ainda mais e te colocar num ótimo lugar nostálgico.

Uma história com bastante drama


Tom Cruise vivencia bastante momentos decisivos e emocionantes no papel de Pete Mitchell. O principal exemplo é o fato de ele ainda não ter superado a morte do melhor amigo dele, Goose, no primeiro filme. Para piorar, Pete precisa lidar com o filho do amigo, o personagem Rooster, interpretado por Miles Teller, que condena o protagonista pela morte do pai. 
O desenvolvimento dessa relação entre os dois pode até deixar seus olhos marejados, viu? Além disso, o retorno de Pete Mitchell à escola Top Gun tem todo um contexto sobre a idade e o futuro do protagonista, fazendo com que ele precise se provar para mostrar que ainda tem o que contribuir depois de anos de carreira.

Homenagem ao primeiro filme


É esperado que o retorno de “Top Gun”, depois de mais de 30 anos, traga algumas referências ao clássico. Mas muito além do retorno de Tom Cruise como o personagem, “Maverick” quer o tempo todo trazer de volta o legado do primeiro filme. Você verá cenas do clássico para sentir o impacto do que rolou anos atrás dentro da história atual, verá participações especiais ótimas e referências singelas que vão agradar bastante os fãs do filme de 1986. Porém, não se preocupe se você não assistiu ao primeiro filme. A nova trama a todo momento te coloca a par da importância dos fatos, te explicando o que aconteceu anos atrás.

O novo elenco vai conquistar você!


Se Pete Mitchell foi um aluno da escola Top Gun em 1986, em “Top Gun: Maverick” ele precisa se atualizar e conhecer a nova geração de pilotos super-desenvolvidos. É por isso que conhecemos Rooster (Miles Teller), Phoenix (Monica Barbado), Hangman (Glen Powell), Bob (Lewis Pullman), Payback (Jay Ellis). E Fanboy (Danny Ramirez). Cada um tem uma personalidade tão distinta dos outros que você vai com certeza amar e odiar alguém. 
Além disso, esses novos rostos de Hollywood entregam atuações que com certeza deverão chamar a atenção de mais produções no futuro e a relação dos personagens com Pete Mitchell ajudam a reforçar um choque de gerações que rende cenas bem interessantes.

Jennifer Connelly


Vai ter romance em “Top Gun: Maverick” sim! Jennifer Connelly, junto com Tom Cruise, é uma excelente adição de nomes de peso de Hollywood no elenco do filme interpretando Penny. A personagem é dona de um bar que é palco de várias cenas calorosas entre os personagens e tem um passado com Pete Mitchell que é marcado por diversas incertezas.
 A relação entre os dois é linda, mas precisamos também destacar que a personalidade de Penny é maravilhosa! A personagem tem atitude e sempre que aparece, transmite um ar de poderosa e dona da situação. A gente ama todas as cenas dela!

Combates insanos!


Não podemos entregar muito aqui nesse tópico, pois spoilers, mas você vai ficar de queixo caído quando o assunto é combate aéreo. Resumindo brevemente a trama, Pete Mitchell retorna à escola Top Gun porque precisa treinar os melhores pilotos do mundo para uma missão que deverá exigir ainda além do que tudo o que eles já mostraram em campo. É uma missão desafiadora e com alguns riscos de vida.
 Quando chega o momento de colocar o treinamento na prática pra valer, óbvio que surgem inimigos. E o que acontece no ar… puts! As cenas são tão envolventes que você vai torcer, chorar, comemorar os acertos e talvez até tapar os olhos para evitar olhar alguns momentos.

Vibe oitentista


A gente acompanha o retorno dos anos 80 na moda, na música e agora também no cinema! Isso é tão bem trabalho em “Top Gun: Maverick” que você sente isso logo nos primeiros segundos de filme. Dentro do cinema, você vai ter aquela sensação de filme da Sessão da Tarde da Globo logo de cara! A trilha sonora contribui bastante para esse fator e é nostálgico ver Pete Mitchell colocando a jaqueta e o óculos de aviador de volta. Será que o look pega novamente?

“Top Gun: Maverick” estreou hoje e já está em cartaz nos cinemas pelo Brasil!

Fonte: Papel Pop

Mais notícias...

OUÇA AGORA
Clique no play e curta a Nova Onda
Open chat